Zaanse Schans: a cidade dos moinhos na Holanda

Holanda é o país dos moinhos de vento. Em várias cidades e nas estradas é possível encontrá-los embelezando as paisagens. Uma das vilas mais famosas por conter diversos moinhos é Zaanse Schans. A boa notícia é que é muito perto de Amsterdam, a apenas 45 minutos de ônibus.

Zaanse Schans: como chegar

Para chegar a esse vilarejo fofo, eu fui de ônibus. É muito fácil esse roteiro. Nos fundos da Estação Central de trem de Amsterdam tem uma rodoviária. Para chegar lá, é preciso ir até os fundos da Estação Central. Mas atenção: não passe pelas roletas para não ter que pagar nada. Tem um caminho na Estação Central que leva até os fundos.

Indicação do caminho

Caminho para os fundos da estação

Chegando lá, você precisa subir a escada rolante que vai dar na rodoviária.

Escada rolante

O ônibus para Zaanse Schans é o de número 391, que geralmente sai da plataforma E. Ele costuma sair de 15 em 15 minutos e você paga na hora para o motorista. O preço da passagem é 5 euros e a viagem dura cerca de 45 minutos.

Chegando lá, você estará a apenas 5 minutos da vila. Você já começa a ver os moinhos. É só ir na direção deles.

Mirante perto do ponto de ônibus

Os moinhos de Zaanse Schans

Zaanse Schans e seus moinhos

Zaanse Schans: cidade linda

Dá para fazer tudo a pé em Zaanse Schans. O lugar é uma graça. Cada detalhe mais fofo que o outro.

Tem uma fábrica/loja de queijos que dá pra conhecer. A loja tem várias amostras grátis (amo provinhas!). Os queijos são deliciosos e vale a pena comprar algum. São muitos queijos diferentes, sabores que a gente não encontra com frequência.

Há um caminho lindo que passa por vários moinhos.

Dá para entrar e conhecer alguns moinhos por dentro (o preço de entrada é 4 euros). Se você nunca entrou num moinho, está aí uma excelente oportunidade!

A cidade é cheia de ruelas. Dá para passear bastante e conhecer vários cantinhos charmosos.

No final do caminho dos moinhos, tem um barquinho que atravessa o canal para o outro lado da cidade por apenas 1 euro. Dá para ir a pé também atravessando uma ponte. Nós fomos no barquinho e voltamos pela ponte.

O barquinho

No barco

Outro lado do canal

O outro lado do canal também é lindo, com suas ruas e casas típicas.

Almoçamos num restaurante chamado Brouwerij Hoop. A comida estava deliciosa!

Depois do almoço, continuamos a andar pela cidade. No caminho, encontrei uma caixinha de livros do tipo “pegue um livro e deixe um livro”. Achei muito legal! 🙂

Depois atravessamos a ponte para voltar ao outro lado do canal e ainda passeamos mais um pouco por ali.

A ponte

Em seguida, fomos para o ponto de ônibus para retornar à cidade de Amsterdam.

Eu AMEI conhecer Zaanse Schans. É um passeio praticamente obrigatório para quem está em Amsterdam. Espero que tenham curtido a dica! 🙂

Comentários

Comentário

Renata, mais conhecida como Renatinha, é uma pessoa que ama aprender sobre diversas culturas. Brasileira, apaixonada pelas belezas naturais do país e com muita vontade de viajar pelo mundo todo. É apaixonada também por leitura e fotografia e aproveita as viagens para investir nesses hobbies.

One thought on “Zaanse Schans: a cidade dos moinhos na Holanda

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *