Invista em experiência de vida

Invista em experiência de vida


“Daqui a 20 anos você estará mais arrependido pelas coisas que não fez do que pelas que fez. Então solte suas amarras, afaste-se do porto seguro, agarre o vento em suas velas.

Explore, Sonhe, Descubra.”

Mark Twain

Está em toda parte na mídia.

As Lamborghinis na Wall Street, as bolsas Louis Vuitton que as celebridades usam, as mansões que as pessoas de “sucesso” vivem. A lista só cresce.

Temos enganado a nós mesmos acreditando que o único reconhecimento — não, definição — de sucesso e felicidade está ligada ao modelo de carro que possuímos ou a quantidade de zeros em nossa conta bancária. Colocamos a noção de sucesso material no pedestal e convencemos quem está ao nosso redor a adotar essa mesma crença.

Em uma sociedade que idolatra a busca pela felicidade, apoiando um destino de vida a encontrar o prazer através de bens materiais, não é apenas ineficiente, mas uma jornada sem fim.

A chave da felicidade não é gastar nosso tempo e dinheiro adquirindo bens.
A chave para o sucesso é usar nosso tempo e dinheiro em experiências de vida.

MasterCard tinha razão.

Na vida, são as experiências de valor inestimável que nos fazem felizes ao fim do dia.

A experiência nos define

De volta a Dezembro, eu fui para uma viagem de dez dias de meditação silenciosa no Havaí.

Esta foi a mais intensa e esclarecedora experiência que eu passei, e eu nunca senti uma reciprocidade tão forte entre minha mente e meu corpo. Mais importante, isto me levou a uma decisão de mudança de vida, deixar a empresa que ajudei a fundar no último ano, a fim de cumprir meu sonho de mudar para Nova York.

Cada experiência traz consigo um erro ou triunfo, e muitas vezes a realização sobre quem somos como indivíduos. Experiência nos ajuda a esclarecer como nós pensamos, quem nós queremos que esteja próximo, e finalmente o entendimento do que nos faz feliz na vida.

“No final das contas, não são os anos da sua vida que contam. É a vida nos seus anos”

Abraham Lincoln

Vivemos em uma sociedade onde coisas tangíveis parecem ser mais valiosas porque podemos sentir, segurar e tocar as coisas que compramos. Acima de tudo, isso é porque coisas tangíveis estão ligadas ao dinheiro que define um preço no seu valor de mercado.

Não existe um caminho físico para sentir a experiência de saltar de uma montanha em uma tarde de Domingo com seus amigos mais próximos. Nem podemos “vender” a experiência de nossa primeira briga com nossos parceiros. Está é a mesma razão do porque não podemos colocar um preço em um ser humano.

“Se pudéssemos vender nossas experiências pelo que elas nos custaram, seríamos todos milionários”

Abigail Van Buren

Nós somos o acumulo de tudo o que já vimos, escutamos, cheiramos, provamos e sentimos. É a experiência que nos ensina a não ficar em um emprego de 9 às 18h novamente, e é essa experiência que nos levará a próxima grande ideia para nossos negócios.

Em outras palavras, as experiências vem com lições de vida.
Coisas materiais vem com nada, apenas com uma fatura.

A experiência continua conosco

Quando pensamos em nossas melhores lembranças, quais são elas?

Para mim, não foram os presentes que recebi no Natal ou no meu aniversário. É o contexto envolta dos presente — as pessoas em minha festa de aniversário, o cheiro de chocolate na manhã de Natal. Foi a primeira vez que aprendi a andar de bicicleta com meu irmão, e quando fui ao meu primeiro(horrível) encontro. Isto é o que coloca um sorriso em meu rosto até hoje.

Aqui está a principal ressalva em investir em bens materiais – eles tem data de validade.

No momento em que você compra um bem material, não somente o valor dele cai no mercado, como nossa percepção de valor desaparece rapidamente a longo do tempo.

Experiência pode ser revivida. Experiência tem longevidade emocional. Elas podem ser melhoradas em nossa mente ao continuarmos a crescer e progredir na vida. Elas continuam conosco e são lições que podemos usar todos os dias ao longo de nossas vidas.

Uma pesquisa da Cornell descobriu que 83% dos participantes relataram reviver mentalmente suas experiências com mais frequência que suas compras de bens materiais.

 Isso significa que experiências nos trazem felicidade, não apenas quando estamos vivendo-as, mas também quando simplesmente pensamos nelas.

Aqui vão três dicas e como começar a viver uma vida de experiências.

Vivendo uma vida de experiências

1. Modifique sua prioridade financeira.

Se quisermos começar a viver uma vida de experiência, precisamos priorizar nosso orçamento para acomodar as aventuras que iremos empreender.

Isto é simples como economizar em uma TV LED Full HD vs. uma viagem na América do Sul.

Descubra o que você realmente precisa na sua vida e o que realmente te servirá a longo prazo. A verdade é que precisamos de muito pouco bens materiais para curtir e viver nossas vidas.

Aprenda a ser prudente quando comprar bens materiais, porque economizar aqueles centavos extra, pode te levar para a experiência que irá mudar sua vida.

2. Fale “Sim” mais vezes.

Crescendo, fomos ensinados a tomar decisões calculando os riscos e pensando cuidadosamente nas coisas. Se quisermos começar a cumprir mais experiências na vida — precisamos desaprender esses princípios.

As melhores aventuras surgem de momentos em que menos esperamos. Preenchendo nossa mente com “e se” irá apenas no manter em nossos sofás assistindo pessoas viverem suas vidas. Antes de saber isso,  nosso “e se” se torna “deveria ter”.

Comece a falar “sim”. Aprenda a estar presente no momento. Quando a próxima oportunidade para experiência aparecer, pergunte a si mesmo uma questão simples.

 Será que irei me arrepender de não aproveitar essa oportunidade?

Amanhã, na próxima semana ou mesmo ano que vem?

Se a resposta for sim — ou mesmo talvez — sua resposta imediata deveria ser sim também.

O futuro será sempre incerto. Isto nunca irá mudar. Mas você pode controlar como irá moldá-lo, pensando menos e agindo.

3. Comece com aventuras pequenas (e baratas).

Você é o tipo de pessoa que assiste o mesmo filme diversas vezes, que faz o mesmo caminho para o trabalho e come sempre nos mesmos restaurantes?

Você precisar quebrar sua rotina.

Abrindo nossa mente para novas experiências precisa começar com pequenas decisões e interações do nosso dia a dia. Ao invés de ir ao mesmo restaurante italiano próximo ao seu escritório porque você sabe que é uma decisão segura, vá em algum lugar novo.

As experiências mais recompensadoras não precisam custar muito caro.
Muitas vezes, está na porta ao lado. Apenas precisamos saber onde bater.

Groupon.com (Events & Activities category)

Groupon.com (Events & Activities category)

 

Já ouvimos o estigma negativo dos pequenos empresários que usam sites de ofertas coletivas. Mas como consumidor que está procurando por  experiências baratas, excitantes e românticas — este é o lugar.

Eu pessoalmente experimentei de tudo, desde aulas de salsa ($15 — 10 lessons), três jantares no Medieval Times($39), aulas de voo($88) através de sites de ofertas coletiva. Este é o caminho mais barato para experimentar as aventuras mais incríveis com seus amigos ou sozinho. Comece assumir pequenos riscos na vida. Você irá se surpreender quão longe irá.

Se existe algo que para tirar desse artigo – leve isso.

Todos iremos morrer um dia.

No final de nossas vidas, iremos fazer as mesmas perguntas.

Eu vivi?

Eu tenho arrependimentos?

Será que experimentei tudo o que eu quis na vida?

Pergunte a si mesmo se você quer que sua existência  seja definida pelo tipo de carro que você possui ou pelas aventuras e liberdade que teve na vida.

Invista em alguma coisa que irá te trazer lições ao invés de uma fatura. Torne-se mínimo em posses e rico em experiência. Porque experiência sempre ganhará — em todos os momentos.

Este artigo é uma tradução do texto Investing in Life Experiences escrito por Sean Kim.

Abraços e make it count.

Comentários

Comentário

Rodrigo é um viajante apaixonado por conhecer lugares, pessoas e culturas. Criador do Trupe da Trip, adora um papo sobre viagem e compartilhar dicas dos lugares por onde já passou. Já esteve em 11 países e mais de 60 cidades. Tem como lema make it count, ou seja, faça valer a pena!