Granville Street – a rua que nunca dorme em Vancouver

Vancouver já é linda por suas paisagens naturais, mas as feitas pelo homem também são de arrancar suspiros. Granville Street é um dos lugares para se visitar em Vancouver, seja durante o dia ou à noite.

Granville Street: conheça a rua

A rua, que fica bem no centro da cidade (ou downtown, como é chamado), concentra bares, boates e lojas de tudo quanto é tipo. Fiz um vídeo sobre o meu primeiro passeio na rua com uma classmate, está no final deste post.

IMG_0005

Durante o dia

Shoppings

Vale ir às compras. Há o PACIFIC CENTER, um big shopping que concentra suas estruturas no subsolo e apresenta “dois prédios”: um mais chic, com uma apresentação de lojas e marcas de grife e outro mais popular, com praça de alimentação e fast fashions, como H&M e ZARA. Essas estruturas são interligadas nos subsolos das ruas adjacentes. Do lado oposto da rua, onde há a estação do SKYTRAIN (metrô), o shopping da Hudson Bay também interliga-se com o PC e apresenta lojas como TOPSHOP MAN e MAC.

 

IMG_0041

Lojas

Há também diversas lojas ao longo da Granville street, tais como: Old Navy e Ardene (São bem baratas, mas com uma qualidade um pouco inferior), Nike, Vans, The North Face, Adidas, Future Shop (top dos eletrônicos), Winners (ponta de estoque), dentre outras. Não deixe de ir na London Drugs, uma farmácia que vende de tudo, até impressora.

No final da tarde, o pôr do sol reflete no asfalto e calçadas e dá uma iluminação maravilhosa. Veja a foto abaixo que tirei com meu celular:

granville street TDT

 

À noite

A rua se transforma em luzes e pessoas jovens (veja bem, de espírito xD). Os pubs ficam cheios e as boates começam cedo, às 20h e fecham cedo, por volta das 2 da manhã. Então a vida noturna de Vancouver não é tão tardia. A maioria das casas noturnas tem entrada franca até um certo horário, geralmente, até às 22h. Programa-se.

Boates

Caprice, Red Room, Venue, The Roxy, etc. Eu fui na Caprice e achei balada de brasileiro. Como há muitos estudantes brasileiros em Vancouver, e sabemos como os brasucas adoram uma festa, as boates tocam bastantes músicas sertanejas e populares do mundo. Com certeza você vai ouvir Michel Teló e Gustavo Lima.

IMG_3336

Pubs

Os pubs, além de terem cervejas artesanais e por um preço ok, apresentam diversos petiscos. Não deixem de experimentar o Poutine, a batata frita com molho tipo madeira tipicamente canadense.

Warehouse, Granville Room, Johnnie Fox’s Irish Snug, The Lennox Pub, etc. Eu adorei o Warehouse, é um lugar com clima divertido, música boa, comida gostosa e preço ok. Às quartas-feiras, rola uma promoção de chicken wings por 0,25 cents cada.

IMG_4281

Restaurantes

Além das fast-foods, como Burguer King, Five Guys (vão, por favor!!!! É o melhor hamburguer da terra), slice fresh pizza em cada esquina, os restaurantes mais sofisticados também estão concentrados por lá. CAVO foi a minha opção em uma noite e gostei do clima mais calmo e atendimento excelente. O preço de uma refeição (muito bem servida, por sinal) com refil de chá foi em torno de U$20.

IMG_0798

Transporte

Muitas linhas de ônibus passam na Granville Street. Ao final da rua, há uma ponte que te leva à Granville Island (outro ponto turístico que vale a pena conhecer e falarei dele por aqui). Então, da Granville Street, você pode pegar ônibus para os mais diversos destinos.

Além dos ônibus, há acesso as duas linhas de metrô de Vancouver: o SKYTRAIN e o CANADA LINE. Ambos ficam na mesma quadra, apenas um do lado oposto da rua do outro.

Há taxi a todo momento também.

Segurança

Como qualquer outra rua movimentada e iluminada, você não pode dar mole e se sentir 100% seguro, mesmo estando no Canadá.

Como algumas drogas são liberadas em Vancouver, é comum você sentir o cheiro e ver as pessoas fumando maconha nas ruas.

Há muitos moradores de rua pelo centro da cidade, mas eles não te incomodam a ponto de ficar te seguindo pedindo dinheiro. Em relação a isso, é bem tranquilo. Eles só colocam uma plaquinha pedindo ajuda monetária ou comida. Muitas pessoas os ajudam, eu vi bastante.

Há policiais espalhados por todos os lados. Por acaso, eu vi um homem ser preso às 23h de uma quarta-feira na Granville Street, mas nada tumultuado, tudo bem tranquilo, por sinal.

Concluindo, a Granville Street é passeio na certa. Lá você se diverte, faz compras e tem facilidade para se locomover e comer. Também encontra pessoas do mundo inteiro falando seus idiomas.

Confira o vídeo abaixo.

Fica aqui minha saudade rsrsrs

Um beijo e um queijo e até a próxima!

 

Comentários

Comentário

Como uma boa sagitariana de 21 anos, ama viajar e explorar esse mundão e compartilhar seu olhar e experiências através da fotografia e vídeos no seu canal.

2 thoughts on “Granville Street – a rua que nunca dorme em Vancouver

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *