Bélgica: conheça esse lindo país europeu

Quem me conhece sabe que a Bélgica ocupa um lugar especial no meu coração. Já fui três vezes e ainda tenho planos de voltar. Aliás, por mim eu visitava esse país lindo todo ano 🙂

Minha história com a Bélgica começou em 2012. Fui para Paris e de lá iria passar uns dias na Bélgica por causa do Tomorrowland (festival de música eletrônica). Não fiz pesquisa antes de embarcar para lá. Como eu estava muito empolgada com Paris, só busquei informações sobre a capital francesa. Portanto, eu não tinha ideia do que me esperava na Bélgica e fui positivamente surpreendida. Foi amor à primeira vista.

Na cidade de Bruges

Na cidade de Bruges

A partir de hoje, o blog começa uma série de posts sobre a Bélgica, mostrando atrativos do país e montando um roteiro de passeios para algumas cidades. O post de hoje é uma introdução à Bélgica com algumas informações básicas.

Bélgica: o país

A Bélgica está no norte da Europa. Faz fronteira com França (ao sul e oeste), Holanda (ao norte), Alemanha (ao leste) e Luxemburgo (sul e leste).

Mapa da Bélgica

Mapa da Bélgica

Fonte do mapa

Faz parte da União Europeia e sua moeda é o euro. Inclusive a sede da União Europeia fica na capital do país, Bruxelas.

São três os idiomas oficiais: holandês, francês e alemão (sendo que alemão é o menos falado).

Nós, turistas, logo percebemos a quantidade de idiomas. Nos cardápios dos restaurantes, por exemplo, estão todas essas línguas. Os moradores também falam inglês (muitos restaurantes possuem cardápios em inglês). O fato é que todo mundo se entende. É super legal!

Bélgica: cidades que conheci

A arquitetura local chama atenção. Algumas cidades conseguiram manter o padrão medieval. É cada construção mais linda que a outra.

As cidades que conheci foram: Bruxelas (capital), Bruges, Antwerpen, Gent e Dinant.

Bruxelas (Brussels, Bruxelles): é a capital da Bélgica, fica na região central do país (ver mapa anterior). Consegue misturar características de grande centro urbano com cidade pequena. Além da arquitetura que chama atenção, existem museus, igrejas, parques, comércio (em época de liquidação vale a pena) e muita comida boa (a comida boa vale para toda a Bélgica, que é conhecida por seus chocolates, cervejas e waffles). Leia aqui o post sobre Bruxelas.

Grand Place - Bruxelas

Grand Place – Bruxelas

Grand Place - Bruxelas

Grand Place – Bruxelas

Bruges (Brugge, Brujas): fica a noroeste de Bruxelas (ver mapa anterior). É uma das cidades mais famosas e visitadas da Bélgica. Atrai muitos turistas por ser a cidade belga que mais conservou sua arquitetura medieval. É tão linda e encantadora! Parada obrigatória para todo mundo que pensa em visitar o país. Tem diversos canais, sendo até conhecida como a pequena Veneza belga. É possível fazer passeio de barco pelos canais. A cidade foi considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Leia aqui o post sobre Bruges.

Bruges e suas lindas ruas

Bruges e suas lindas ruas

Canais de Bruges

Canais de Bruges

Principal praça em Bruges

Principal praça em Bruges

Antwerpen (Anvers, Antwerp, Antuérpia): cidade portuária e segunda maior do país. Fica ao norte de Bruxelas (ver mapa anterior). Assim como a capital, consegue manter tanto a estrutura de grande centro quanto de pequena cidade histórica. Possui uma enorme rua comercial com lojas de diversas marcas, sendo procurada para compras. A estação de trem é a mais bonita do país, sendo um dos principais pontos turísticos da cidade. Leia aqui o post sobre Antwerpen.

Principal praça em Antwerpen

Principal praça em Antwerpen

Ao fundo, a torre da principal igreja da cidade

Ao fundo, a torre da principal igreja da cidade

Rio onde fica o porto da cidade

Rio onde fica o porto da cidade

Gent (Gante, Ghent): fica no noroeste do país (ver mapa anterior). É a terceira maior cidade belga. Assim como Bruges, possui canais onde é possível passear de barco. A arquitetura também chama atenção pela beleza e padrões antigos. Há um castelo bem no meio da cidade. Veja aqui o post sobre Gent.

Canais em Gent

Canais em Gent

Canais em Gent

Canais em Gent

Dinant: já escrevi um post sobre Dinant. Pequena cidade que parece de contos de fadas. Fica na região sul do país (ver mapa anterior). Tem uma linda igreja gótica e uma enorme montanha de pedra que são os principais cartões postais do lugar. Cidade banhada pelo rio Meuse.

Principal vista da cidade

Principal vista da cidade

Cidade a beira de um rio

Cidade a beira de um rio

Rio Meuse

Rio Meuse

Bélgica: como chegar

Já fui para a Bélgica de duas formas: avião e trem.

Trem:

Fui de trem em 2012 de Paris para Bruxelas.

Peguei o trem Thalys, que é enorme e super confortável. Peguei o trem na estação Paris Gare du Nord, também chamada de Paris Nord.

A parada em Bruxelas é na estação Brussel-Zuid, às vezes também chamada de Bruxelles-Midi, dependendo do idioma (cada aviso está numa língua, é bom saber esses dois nomes). Essa é a estação que fica no sul de Bruxelas. Ainda existem outras estações na cidade, a do centro (Brussel-Centraal ou Bruxelles Central) e a do norte (Brussel-Noord ou Bruxelles-Nord).

Caso você fique hospedado em um bairro perto de outra estação que não a Brussel-Zuid, é preciso pegar um trem local para a estação norte ou central. Em Bruxelas, o melhor lugar para se hospedar fica nos arredores da estação Brussel-Centraal, pois é onde estão os principais pontos turísticos. A passagem do trem Thalys dá direito a pegar esse trem local para a outra estação. É só consultar no letreiro onde passa o trem para a estação que você quer (normalmente Brussel-Centraal). Muitos trens passam lá. Há várias opções. Qualquer dúvida, pergunte para algum atendente – eles falam inglês, ou então, só fale o nome da estação que a comunicação fica mais fácil 🙂

De Bruxelas sai diversos trens para outras cidades do país. Caso sua destinação final não seja Bruxelas, é preciso conferir em qual estação pegar o trem. Mas já adianto que a Brussel-Centraal é a maior de todas, bastante movimentada, com saídas diárias para as principais cidades belgas (dependendo da cidade há trens saindo toda hora).

Avião:

Fui de avião em 2013 quando peguei um voo da TAP para Lisboa e depois um da Brussels Airlines para Bruxelas. Também fui em 2014 quando peguei um voo de Nice (França) para Bruxelas pela Brussels Airlines.

O aeroporto de Bruxelas possui ligação com a estação de trem. Portanto, assim que você chegar e pegar suas malas, é só descer pelas escadas rolantes que você chega à estação de trem. Aí você precisa comprar um ticket (você pode comprar diretamente no guichê ou em máquinas). Da estação do aeroporto você pega o tem para a estação de destino (geralmente a Brussels-Centraal).

Bélgica: quando ir

Visitei o país durante o verão europeu (nos meses de julho e agosto). Na minha opinião é a época ideal para conhecer a Bélgica, pois faz calor e os dias são bonitos. O país fica bastante agitado nesses períodos de verão com muitos turistas. É um clima maravilhoso e uma energia muito boa. No final de julho o país recebe muitos jovens por causa do Tomorrowland. Obs: quando eu falo “agitado”, não quer dizer insuportável. Pelo contrário, fica movimentado, mas nada que atrapalhe o lugar. Não peguei fila em nenhuma atração, nem trens lotados, nem restaurantes sem lugar para sentar. É um “agitado” perfeito.

Já no inverno europeu, o clima é frio, muito frio. Várias cidades belgas ficam repletas de neve. Portanto, nesse período algumas atrações ficam vazias ou fechadas.

Não conheci o país durante a primavera e o outono, mas conheço pessoas que foram e gostaram. Então, também é uma época que vale a visita.

Bélgica: quanto tempo ficar

Essa é uma pergunta difícil de responder. Depende da situação e do seu objetivo de viagem.

Se você quer conhecer o máximo possível da Bélgica, então de uma semana a dez dias estão de bom tamanho. Dá para você conhecer Bruxelas e outras cidades próximas.

Às vezes as pessoas querem aproveitar o momento na Europa e conhecer vários países na mesma viagem. Dessa forma, escolhem somente uma ou duas cidades de cada país e passam um pouquinho de tempo em cada uma. Se este é o seu caso, então selecione quais cidades você quer visitar na Bélgica. Eu sugiro Bruxelas e Bruges. Dá para reservar um ou dois dias para cada cidade. É claro que dessa forma você não irá conhecer a cidade toda, mas dá tranquilamente para visitar os principais pontos turísticos de cada uma.

Comentários

Comentário

Renata, mais conhecida como Renatinha, é uma pessoa que ama aprender sobre diversas culturas. Brasileira, apaixonada pelas belezas naturais do país e com muita vontade de viajar pelo mundo todo. É apaixonada também por leitura e fotografia e aproveita as viagens para investir nesses hobbies.

8 thoughts on “Bélgica: conheça esse lindo país europeu

  1. Adorei o post. Acho que essas informações são mt importantes para nós que gostamos de viajar. As fotos são mt atrativas. Dá vontade de viajar agora.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *